A Tv Mirante divulgou nesta sexta-feira (23), a segunda pesquisa Ibope. De acordo com os números Eduardo Braide tem 44%, Duarte Júnior 19% e Neto Evangelista 14%.

No segundo pelotão, Rubens Júnior aparece com 6%, Bira do Pindaré 3%, Jeisael Marx 2%. Empatados com 1% estão Yglésio, Franklin e Hertz. Silvio Antonio não pontuou. Branco e nulo somam 5%, não souberam ou não responderam 4%.

Na pesquisa anterior Eduardo Braide tinha 43%, Duarte 14%, Neto 10%, Bira 5%, Jeisael 2%, Rubens 2%, Franklin e Yglésio cada com 1%. Hertz não tinha pontuado, assim como Silvio Antônio.

O Ibope ouviu 805 eleitores ludovicenses entre os dias 17 e 23 de outubro, a margem de erro é de 3% para mais ou para menos. A pesquisa foi registrada sob protocolo MA-05018/2020.

Por: Blog do Diego Emir. 

O candidato a prefeito de São Luís pelo Republicanos, Duarte Júnior, encontrou uma forma inteligente (e bem humorada) de reagir à censura imposta pela Justiça Eleitoral em relação ao uso dos nomes do Procon e do Viva Cidadão vinculados a sua imagem.

O republicano está proibido de se autointitular “Duarte do Procon” ou “Duarte do Viva Cidadão” durante a campanha, por força de duas decisões (veja uma delas aqui).

Para escapar de punição, contudo, o marketing do candidato continuou utilizando as mesmas peças já produzidas com as menções aos órgãos, mas censurou seus nomes.

“Tem candidato tentando proibir o Duarte de dizer que ele foi do ******. Mas agora é tarde, toda a cidade já sabe que o melhor candidato é o Duarte do ******”, diz um trecho da peça.

Curiosamente, até essa inserção chegou a ser barrada pela Justiça, mas a coligação do deputado conseguiu uma liminar para liberar seu uso na propaganda.

Nesta sexta-feira (23), a Prefeitura de Pinheiro entregou para a população o segundo bloco da Feira Municipal, considerada uma das obras mais aguardadas pela população há décadas. A inauguração do espaço composto por 49 boxes, diretoria, sala de reunião, banheiros e área de coleta de lixo, foi realizada pela deputada estadual e primeira-dama Dra. Thaiza Hortegal (PP).

“Momento único na vida dos pinheirenses. Sinto extrema felicidade hoje ao ver mães e pais de família desfrutando de um ambiente digno, um comércio digno, graças ao empenho do prefeito Luciano, ele que tem sido uma máquina de trabalho por Pinheiro”, disse Dra. Thaiza.

A parlamentar também esteve acompanhada do senador Weverton, deputado federal André Fufuca (PP), deputado estadual Othelino Neto, o ex-deputado Zé Genésio, secretários municipais e autoridades locais, celebrando a realização de um sonho de mais de 20 anos.

“Aqui sozinho, um prefeito não resolve nada só, mas com seus deputados, com seu senador, seu governador, as coisas vão andando. As obras todas que contemplam Pinheiro hoje, asfalto, saúde, educação, são muitos recursos que eu, Thaiza, Othelino, Fufuca temos destinado para que as coisas aconteçam. Isso é time, é grupo, assim vamos continuar nos dedicando por Pinheiro”, destacou o senador Weverton.

“Momento marcante para Pinheiro e essa capacidade de articulação política é essencial para o prefeito de uma cidade. E a melhor forma de retribuir é com trabalho, que através da junção de forças mostra que a cidade está bem cuidada e vai continuar, porque estamos olhando pra frente”, disse Othelino.

“Isso hoje é o começo de uma caminhada para o distanciamento do atraso, do passado, e rumo ao progresso e futuro que Pinheiro tanto merece”, André Fufuca.

 

Nota de Esclarecimento de entidade de pastores – onde o presidente iria participar de evento – põe mais dúvidas sobre acontecimento anunciado pelo senador Roberto Rocha, que agora culpa o governador Flávio Dino pelo cancelamento. 

 

Roberto Rocha e Jair Bolsonaro: uma viagem anunciada e cancelada com culpa a terceiros; resta a do dia 30 de outubro. 

A suposta viagem que o presidente Jair Bolsonaro faria ao município de Balsas nesta sexta-feira, 23, está marcada por uma penumbra de suspeita sobre sua própria existência.

A viagem, anunciada pelo senador Roberto Rocha (PSDB) foi cancelada pelo próprio Bolsonaro, que alegou falta de segurança, culpando o governador Flávio Dino de não liberar a PMMA para sua escolta.

A acusação de Bolsonaro já havia sido negada pelo próprio Flávio Dino, mas reafirmada pelo senador Roberto Rocha, que ainda acusou o comunista de negar a segurança por motivos políticos.

A nota da entidade pastoral, que se envolveu na polêmica a respeito da suposta visita de Bolsonaro a Balsas. 

Mas, nesta quinta-feira, 22, a entidade Aliança de Pastores de Balsas (APEB), divulgou nota de esclarecimento em que diz não ” ter sido procurada ou informada sobre a realização do evento nesta sexta-feria, dia 23/10/2020″.

A nota, espalhada nas redes sociais por Flávio Dino, fala que tomou conhecimento do vídeo apenas pela divulgação do vídeo de Roberto Rocha.

E op fato é que, mais uma vez, Bolsoanro anuncia e não aparece no Maranhão.

Agora é esperar o dia 30 em São Luís…

 

Pelo visto no embate antecipado em Colinas, entre o grupo do vice-governador Carlos Brandão (Republicanos) e o do senador Weverton Rocha (PDT), a vitória será do vice-governador maranhense.  

Pesquisa Escutec apontou que a atual prefeita da cidade Valmira Miranda, que tem o apoio incondicional de Brandão, será reeleita no dia 15 de novembro. 

No cenário estimulado, onde são apresentados os nomes dos candidatos, Valmira aparece com 55% das intenções de voto. O segundo é Antonio Carlos com 35% e na terceira colocação Vinicius surge com 2%. Nenhum deles com 3% e Não sabe ou não respondeu 5%.

Outros dois aspectos da pesquisa Escutec favorecem a eventual vitória de Valmira Miranda. A rejeição de Antônio Carlos é a maior entre os candidatos, com 51%, contra 37% da atual prefeita.

Além disso, a administração da prefeita Valmira Miranda é aprovada por 59% dos eleitores em Colinas. Já 37% desaprovam a atual gestão. A Escutec também afirma que 82% dos eleitores afirmaram que não irão mudar o voto até o dia da eleição.

Sendo assim, Valmira Miranda, apoiado por Brandão, deverá derrotar Antônio Carlos, que é apoiado por Weverton Rocha.

A pesquisa Escutec MA-01485/2020, ouviu 400 pessoas entre os dias 13 e 14 de outubro. O levantamento tem intervalo de confiança de 90% e margem de erro de 4% para mais ou menos.


 

O candidato à prefeito de Presidente Dutra, Biné Soares (PSDB), recebeu o apoio de centenas de mulheres na noite desta  última   quarta feira (21).  

Donas de casa, empresárias, funcionárias públicas, professoras, médicas, enfermeiras, assistentes sociais e mais uma centena de mulheres organizaram um chá na residência da ex prefeita Irene Soares e na presença do candidato à prefeito Biné Soares (PSDB), começaram a traçar as primeiras metas para esses últimos dias de campanha. 

“Aconteceu ontem o nosso evento Mulheres que Influenciam, na casa da nossa ex-prefeita Irene Soares. Foi um evento regado de conversas sobre a participação feminina na política, além de debatermos ideias de melhorias para as nossas queridas cidadãs. Definitivamente uma noite cheia de empoderamento, força e garra. Vamos trabalhar muito para construir uma sociedade mais igualitária para todos os gêneros e incrementar políticas públicas voltadas ao público feminino. Estamos juntos, minhas queridas”, afirmou Biné.

Além de visitas periódicas às comunidades locais, as mulheres do 45 também decidiram promover uma grande caminhada que acontecerá nos  próximos dias.

 


A juíza Cristiana de Sousa Ferraz Leite, titular da 76ª Zona Eleitoral, concedeu nesta quinta-feira (22) nova liminar a favor do candidato do Podemos à Prefeitura de São Luís, Eduardo Braide, e barrou insistência do candidato Duarte Júnior (Republicanos) em assunto oriundo do Debate Imirante/O Estado. 

Na ocasião, Duarte acusou Braide de responder a uma ação trabalhista movida por uma suposto ex-funcionário, que teria cargo em seu gabinete na Assembleia, mas atuava em uma fazenda no interior (saiba mais).

O caso, como já se sabe, tem relação com o pai do candidato do Podemos, ex-deputado Carlos Braide. Por isso, magistrada já havia concedido, na quarta-feira (21), liminar determinando a retirada da postagem das redes do republicano.

Não satisfeito, hoje, Duarte voltou ao tema.

No Twitter, ele reafirmou que o caso atinge o adversário, e argumentou que o despacho da juíza Cristiana Leite, não determina a retirada da postagem por se tratar de fake news. “Ele mente quando alega ser fake. A Justiça apenas considerou como propaganda irregular”, afirmou Duarte, postando trechos do despacho.

Na nova liminar sobre o assunto, a magistrada determinou a retirada dessa segunda postagem das redes e que o candidato “se abstenha de fazer qualquer outra publicação no mesmo sentido”.

A multa por descumprimento é de R$ 20 mil.

 


A candidata Luciana Leocádio (PC do B) continua à frente nas intenções de votos e deverá vencer as eleições no município de Buriti Bravo. É o que aponta a pesquisa realizada pelo Instituto Census, divulgada nesta sexta-feira (23).

A pesquisa entrevistou 621 pessoas entre os dias 15 a 16 de outubro. E foi registrada na Justiça Eleitoral sob o número (MA-06207/2020). A margem de erro é 4 pontos percentuais para mais ou para menos e o intervalo de confiança é de 96%.

Luciana Leocádio (PC do B) lidera com 52% e Nonato Pereira (PROS) está em segundo lugar com 38% das intensões de votos na pesquisa espontânea.
Na estimulada, Luciana Leocádio continua como favorita com 53,95% e Nonato Pereira com 40.01%

A pesquisa quis saber ainda, se os eleitores mudariam de opinião em relação ao seu voto até a data da eleição, 85,51% responderam que não, que seu voto já estava decidido.

REJEIÇÃO

44,77% dos entrevistados responderam que não votariam de jeito nenhum no candidato Nonato Pereira (PROS) devido à impugnação da sua candidatura pelo Ministério Público e pelas inúmeras condenações por improbidade administrativa que poderão ocasionar no indeferimento da sua candidatura pela justiça eleitoral.

MUDANÇAS

Com esse resultado a professora Luciana Leocádio (PC do B) se torna a favorita para vencer as eleições no munícipio de Buriti Bravo, no próximo dia 15 de novembro.

 

O governador do Maranhão, Flávio Dino (PCdoB), foi ao STF contra o presidente Jair Bolsonaro (sem partido) nesta quinta-feira (22).

Segundo o governador, o presidente cometeu calúnia ao dizer à rádio Jovem Pan que tinha viagem prevista para participar de evento evangélico na cidade de Balsas, mas como Dino lhe negara o efetivo da PM para fazer esquema de segurança teve de desistir (saiba mais).

Na peça enviada ao Supremo, Dino diz que não recebeu solicitação para a segurança presidencial. Na petição, ele exige que Bolsonaro apresente provas da suposta recusa de colocar a polícia à disposição de sua segurança.

De acordo com o Instituto Opinar, Dinair Veloso será a próxima prefeita de Timon é o revelou os dados da pesquisa para prefeitura de Timon. O levantamento foi realizado nos dias 14 e 15 deste mês de outubro tendo ouvido 450 pessoas nas zonas urbana e rural de Timon.

Na pesquisa espontânea, aquela em o pesquisador pergunta apenas em quem o eleitor vai votar,  sem citar os nomes dos candidatos,  a candidata a a prefeita do PSB, professora Dinair Veloso, aparece na frente com 25,6% contra 19,6% do coronel Shinneyder, do partido Republicanos, 1a deputada estadual Professora Socorro Waquim tem 11,3% , o candidato do PSC, Jaconias Morais 5,8%. Erisvaldo Lima e Professora Fafá, do PSOL, tem menos de 1%.

34,2% não souberam dizer em quem vão votar. 2,2% disseram que vão votar em branco ou anular o voto.

O Instituto Opinar também aferiu a preferência do eleitorado timonense para prefeito da cidade com pesquisa estimulada. Neste questionário, onde o pesquisador pergunta em quem o eleitor vai votar e cita todos os candidatos a prefeito (a) da cidade, a candidata do PSB, Dinair Veloso, também lidera. Ela aparece com 29,1% das intenções de votos. Coronel Schinneyder aparece em segundo com 26,2% , Professora Socorro tem 15,3%, Jaconias Morais tem 7,3%, professora Fafá apareceu com 1,1% e Erisvaldo Lima 0,4%.

14,2% não souberam responder em quem vão votar. Brancos e nulos foram 6,2%.

A pesquisa foi registrada com o número MA-03552/2020, tem margem de erro de 4,62% para mais ou para menos.

 

O candidato a prefeito de São Luís, Eduardo Braide (Podemos), visitou nesta quinta-feira (22) a Maternidade Maria do Amparo, no bairro do Anil, e reafirmou o seu compromisso de reabrir a unidade de saúde, fechada desde março deste ano por falta de recursos.

Acompanhado de alguns candidatos a vereador de sua coligação, Eduardo Braide conheceu todas as instalações da maternidade e recebeu informações sobre o fechamento da unidade.

Antes de suspender os serviços médicos obstétricos, a Maternidade Maria do Amparo realizava cerca de 200 partos por mês, o que corresponde a 11% dos partos registrados mensalmente em São Luís.

Atualmente, apenas o ambulatório Elgitha Brandão continua a funcionar na maternidade, oferecendo serviços de pré-natal, psicologia, reabilitação, fonoaudiologia e exame de ultrassom, entre outros. O ambulatório é referência na realização de testes de triagem para identificação de doenças auditivas em crianças recém-nascidas (testes da linguinha e da orelhinha).

“Junto com a administração da maternidade vamos estudar todos os meios possíveis para colocar em pleno funcionamento a Maria do Amparo, unidade que há mais de três décadas sempre ofereceu importantes serviços para a população de toda essa região da cidade. Nossa prioridade será reabrir a maternidade o mais rápido possível”, declarou Eduardo Braide.

Também participaram da visita os candidatos a vereadores Kátia Lobão (Podemos), Dr. Gutemberg (PSC), Marcial Lima (Podemos), Lúcio Sabino (PMN) e Sandow Feques (PMN).

 

Na confirmação desta hipótese – que pode mudar o cenário político no Maranhão – secretário de Indústria e Comércio diz que o Solidariedade vai brigar pela vaga de candidato a senador na chapa governista. 

 

Simplício entende que apenas uma decisão de Flávio Dino pode manter a união do grupo político que tem o poder no Maranhão. 

Uma opinião do presidente Estadual do Solidariedade e Secretário de Industria , Comércio e Energia, Simplicio Araújo, caso concretizada, pode mudar todo o cenário político do Maranhão em 2022.

Simplicio declarou que prepara o Solidariedade para pleitear forte a vaga de senador em 2022, buscando eleger também 2 a 3 deputados federais e 6 deputados estaduais.

No entanto, a informação que mais chamou atenção foi a de que Simplicio Araújo acredita que o governador Flavio Dino (PCdoB) – “por ser uma pessoa de coragem” – pode inclusive permanecer no governo até o final do seu mandato.

Mesmo não descartando totalmente que Flavio Dino possa renunciar para concorrer ao senado ou à presidência da república, o presidente do Solidariedade acha que o Maranhão deve também considerar a hipótese de o governador permanecer até o final do seu mandato e eleger um sucessor que possa manter o grupo unido, com chances indiscutíveis de vencer a eleição.

– Só Flavio Dino que pode manter a união do nosso campo – disse ele.

Simplício Araújo disse que o cenário nacional fortalece uma possível recondução da direita ao poder, principalmente pela falta de convergência da esquerda em torno de um nome.

– No Senado ou viajando o Brasil fazendo palestras e debates, Flavio Dino tem grandes chances de manter seu nome vivo e forte no cenário nacional, no entanto se perdermos o comando do estado, as dificuldades podem prejudicar a trajetória dele – disse Simplicio Araújo.

 

Números do instituto carioca, que devem ser divulgados pela TV Mirante, servirão de baliza para as últimas três semanas da disputa, tendo em vista que, embora já encaminhasse para desfecho em duas rodas, os números do DataIlha chegaram defasados ao eleitor. 

 

Prevista para esta sexta-feira, 23, a pesquisa Ibope sobre a corrida eleitoral em São Luís – a ser divulgada pela TV Mirante – reveste-se de expectativa quanto à consolidação ou não de um segundo turno.  

Embora a pesquisa DataIlha já tenha indicado a realização de dois turnos na capital, seus números chegaram atrasados em uma semana ao eleitor, já que foram colhidos entre os dias 13 e 15 de outubro.

Longe de jogar dúvidas sobre o levantamento, isso significa apenas que a realidade encontrada pelo instituto era a de uma semana atrás; e pela tendência da movimentação de campanha, ela pode já estar em outro nível hoje.

Traduzindo: é possível que o Ibope encontre números ainda mais significativos a respeito de um segundo turno, tendência que vem sendo marcada ao longo das últimas semanas.

Dois movimentos indicam esta possibilidade: o volume de campanha de Neto Evangelista (DEM) e o crescimento exponencial de Rubens Pereira Júnior (PCdoB), já medidos em outras pesquisas.

Se a tendência de movimentação nestas duas campanhas for encontrado também pelo Ibope, é possível que contribuam claramente para a consolidação de uma mudança nos números.

Ibope, portanto, pode ser o assunto 

principal da eleição por todo o fim de semana.


É aguardar e conferir…

Em meio à multidão, Wellington do Curso tem reafirmado, constantemente, as razões pelas quais acredita que Neto Evangelista deva ser o próximo prefeito de São Luís. Dessa vez, Wellington esteve à frente de grande caminhada realizada no bairro do São Raimundo e Vila Cascavel, que foi marcada por muito apoio e incentivo dos moradores. Wellington esteve acompanhado da candidata a vice prefeita Luzimar Lopes e candidatos a vereador.

Durante as caminhadas já realizadas, Wellington tem recebido o carinho e a confiança das pessoas em seu trabalho.

“É muito bom estar nas ruas e receber esssa confiança em nosso trabalho e em nossa decisão. Agradeço a Deus por nos dar forças Para seguir em frente. Estamos nessa luta para garantir que Neto Evangelista seja o melhor para a nossa cidade. É um candidato com boas propostas de governo e com muita vontade de trabalhar. Vamos juntos!”, disse Wellington.

Apesar de uma decisão judicial obrigando-o a retirar de suas redes sociais documento com notícia contra o candidato do Podemos, Eduardo Braide (reveja), o candidato do Republicanos, Duarte Júnior, voltou a tratar do tema na manhã desta quinta-feira (22).

No Twitter, ele reafirmou que o caso atinge o adversário, e argumentou que o despacho da juíza Cristiana de Sousa Ferraz Leite, titular da 76ª Zona Eleitoral, não determina a retirada da postagem por se tratar de fake news.

“Ele mente quando alega ser fake. A Justiça apenas considerou como propaganda irregular”, afirmou Duarte.

 

Ex-prefeita  afirmou que o candidato do Podemos tem as melhores propostas para São Luís; “Todos que desejam o bem de São Luís são muito bem vindos em nossa caminhada”, disse o candidato a prefeito. 

 

Ao lado de Joaquim Haickel, Conceição foi recebida pelo candidato Eduardo Braide e sua vice, Esmênia. 

O candidato a prefeito de São Luís, Eduardo Braide (Podemos), recebeu nesta quinta-feira (22), o apoio da ex-deputada e ex-prefeita da capital, Conceição Andrade. O anúncio foi feito no Comitê Central da campanha de Braide e contou também com a presença do ex-deputado Joaquim Haickel.

“Estou muito feliz com o apoio da Conceição Andrade. Ela, que já esteve à frente do nosso município, pode contribuir com ideias e sugestões, ainda mais pelo trabalho valoroso que realizou em nossa Zona Rural. Como sempre disse, todos que desejam o bem de São Luís serão muito bem vindos em nossa caminhada rumo à prefeitura”, afirmou Braide.

Para Conceição Andrade, o apoio à candidatura de Braide, reforça o compromisso pelo desenvolvimento da cidade.

“O meu caminho não poderia ser outro. O Braide tem as melhores propostas, a mais viável, a mais séria. Braide tem uma postura madura e reúne um time que está interessado exclusivamente no bem de São Luís. Tivemos uma conversa excelente! Ele tem meu apoio e pode contar com meu empenho para que no 15 de novembro, o povo da nossa cidade seja o vencedor dessa eleição. Vamos à vitória”, concluiu a ex-prefeita.




Deputado federal que sonha com o governo em 2022 controla o PL, o Patriota e o Avante no Maranhão, além de estar aliado ao PTC e ao Republicanos, do candidato Duarte Júnior; e tem candidata também no PSD. 

 

Josimar e sua esposa, Detinha, querem formar bancada em São Luís para viabilizar projeto de candidatura ao Governo do Estado em 2022. 

Cheio de planos, o deputado Josimar de Maranhãozinho avisa aos inimigos que está politicamente vivo.

Sua esposa Detinha não foi candidata a prefeita pelo PL, mas ele chutou a bola pra frente e garante que vai acertar o gol, apoiando a candidatura de Duarte Júnior (Republicanos).

Na briga por vagas na Câmara Municipal, Maranhãozinho trabalha no sentido de ocupar seis cadeiras com sua equipe de candidaturas formada por três legendas: Patriota, Avante e PL.

A conta pode aumentar para nove se for levado em conta a expectativa de eleição nos outros dois partidos da coligação: sendo dois vereadores do Republicanos e um do PTC: um importante número pra quem disputa o comando do Legislativo que pode chegar em 2021 com apoio de nove parlamentares eleitos.

Além dos candidatos dos partidos citados acima, Maranhãozinho ainda aposta na eleição da médica Natassia Weba (PSD), filha/neta do ex-deputado estadual Hemetério Weba, que hoje é seu aliado politico.

Se tudo caminhar como planejado, o dono do PL pode contar com dez vereadores para seu próximo projeto: a presidência da Câmara de São Luís.

 


O prefeito Edivaldo Holanda Junior inaugurou, nesta quinta-feira (22), a Unidade de Acolhimento para Mulheres em Situação de Rua – Elisângela Cardoso. Trata-se de mais um equipamento da assistência social da Prefeitura de São Luís voltado para o acolhimento e abrigo de mulheres em situação de vulnerabilidade social, sendo o primeiro voltado para esta parcela específica da população.

Localizado no bairro Bequimão, a unidade receberá mulheres com vínculos familiares rompidos, em situação de rua, negligência ou abandono. A coordenação do local está a cargo da Secretaria Municipal da Criança e Assistência Social (Semcas). O Instituto de Solidariedade e Inclusão Social (Solis) será parceiro no gerenciamento do espaço.

“É com muita alegria que entregamos este importante equipamento da área de Assistência Social, mais uma conquista da nossa gestão, mais um legado que iremos deixar para a São Luís. Em nossa rede de assistência social, já temos uma casa destinada a acolhida de homens em situação de rua, assim como dispomos de outras unidades com propósitos distintos, mas a conclusão desta unidade significa o atendimento de uma demanda importante do setor e, agora, podemos propiciar condições dignas para essas mulheres, muitas delas mães de família, para que possam encontrar além de um abrigo, condições de reconstruir as suas vidas”, disse o prefeito Edivaldo que estava acompanhado da primeira-dama, Camila Holanda, do titular da Secretaria de Estado dos Direitos Humanos e Participação Popular (Sedihpop), Francisco Gonçalves; e da secretária da Semcas, Andréia Lauande, entre outras autoridades.

A Unidade de Acolhimento para Mulheres em Situação de Rua – Elisângela Cardoso, tem capacidade para acolher 25 mulheres na faixa etária dos 18 aos 59 anos. Serão pessoas que não dispõem de condições para permanecer na família, ou aquelas que se encontram com vínculos familiares fragilizados ou rompidos, em situações de negligência familiar ou institucional, pessoas em situação de rua e desabrigo por abandono, migração e ausência de residência ou pessoas em trânsito e sem condições de autocuidado.

A secretária da Semcas, Andréia Lauande, falou da importância dos investimentos feitos pela gestão do prefeito Edivaldo no setor de assistência social. “Iniciamos a nossa jornada com poucas unidades de acolhimento e, depois de alguns anos, aumentamos muito os equipamentos deste tipo. Sem dúvida, isto é um grande avanço na política de assistência social implantada pelo prefeito Edivaldo. A entrega desta unidade de acolhimento para mulheres representa o cumprimento de um compromisso do prefeito”, ressaltou.

O equipamento social conta com quatro suítes e três quartos. O espaço tem ainda cozinha, refeitório, varanda e uma sala de apoio que será usada pela coordenação. No local há ainda dispensa para o armazenamento de alimentos, banheiros adaptados, jardim, área de convivência e prática de atividades coletivas, área para equipe técnica, entre outros.

O deputado federal e líder do PTB na Câmara, Pedro Lucas Fernandes (PTB), destinou 22 ônibus escolares para as cidades do estado. O parlamentar destacou que a distância que muitas crianças precisam percorrer até as escolas é um fator de evasão escolar.

Os veículos, com capacidade para 44 estudantes sentados e equipados com poltrona móvel para embarque e desembarque de alunos com deficiência, garantem mais conforto e segurança durante o transporte para a escola.

O parlamentar maranhense destacou a importância de ações como essas para o estado: “Promover bem-estar, dignidade e segurança aos alunos da rede pública deve ser sempre uma das nossas maiores prioridades. A educação no Maranhão precisa ser valorizada e os meios utilizados para os alunos chegarem em suas escolas devem ser sempre garantidos”.

Seis unidades já foram entregues nas cidades de Esperantinópolis, Governador Archer, Timon, Viana, Arame e Itaipava do Grajaú.

Outras cidades receberão em breve: São Mateus do Maranhão, Coroatá, Colinas, Arari, Buriti Bravo, São José de Ribamar, Barreirinhas, Jenipapo dos Vieiras, Passagem Franca, Sucupira do Riachão, Igarapé Grande, Formosa na Serra Negra, Jatobá, Santa Helena e São Luís (2).

 

O presidente da República, Jair Bolsonaro, afirmou ontem (21), durante entrevista ao programa Pingo nos Is, da Jovem Pam, que deve cancelar uma visita que está agendada à cidade de Balsas.

Segundo ele, o motivo é o fato de que o governador do Maranhão, Flávio Dino (PCdoB), vetou a cessão de homens da Polícia Militar para auxiliar no esquema de segurança da comitiva presidencial.

“O governador Flávio Dino resolveu não ceder a Polícia Militar para fazer uma segurança mais aberta, digamos assim”, afirmou.

Bolsonaro tem agenda em municípios do Maranhão na semana que vem.

Flávio Dino, no entanto, negou a versão. “Acabo de descobrir que a mentira de que eu neguei segurança a Bolsonaro em Balsas partiu dele próprio. Exijo que ele mostre o documento que prova a sua versão”, disse.

 

Pesquisa DataIlha confirma aquilo que já se percebia empiricamente nas ruas: um maior volume de campanha dos candidatos do DEM e do PCdoB, combinado com a incapacidade do republicano de ampliar seus votos; perda de pontos do líder é natural do processo.

 

Rubens Júnior e Neto Evangelista parecem ter potencial para crescimento nas pesquisas, a ponto de disputarem o segundo turno .

Análise de conjuntura

A pequisa do Instituto DataIlha, divulgada nesta quarta-feira, 21, pela TV Band, confirmou três pontos principais já observados nas ruas das campanha eleitoral em São Luís.

1 – o líder da disputa, Eduardo Braide (Podemos), que começou com 60% das intenções de votos, definhou e está agora com 39%, perda natural em um processo acirrado como o de agora;

2 – os candidatos Neto Evangelista (DEM) e Rubens Júnior (PCdoB) apresentam forte tendência de crescimento, resultado direto do maior volume de campanha e da estrutura que reúnem em torno de si – e estão na briga pelo segundo turno;

3 – Duarte Júnior (Republicano) mantém o mesmo patamar de votos da pré-campanha, sinal de que nem mesmo os apoios que viabilizou – como o vice-governador Carlos Brandão (PRB) e o deputado Josimar de Maranhãozinho (PL) – ampliaram sua base eleitoral, praticamente a mesma da eleição de deputado estadual.

É preciso esperar que a tendência apresentada pelo DataIlha se confirme nas demais pesquisas que estão anunciadas para esta semana; mas os números desta quarta-feira refletem o que se percebe nas ruas e na TV.

Apesar da euforia de aliados e setores da imprensa que torcem por Braide, é pouco provável que ele decida a eleição em primeiro turno, situação que já havia sido apontada, inclusive, no blog Marco Aurélio D’Eça.

Neste contexto, o mais natural no processo é que Neto Evangelista, ou mesmo Rubens Júnior, ganhem musculatura – como de fato estão ganhando  – diante do maior volume que têm na campanha, com maior capilaridade no entorno de São Luís. 

 

Duarte Júnior parece ter chegado ao seu teto eleitoral há meses; e nem o apoio de Josimar o faz superar este patamar, o mesmo da campanha de 2018

Duarte, por sua vez, mostra que tem uma base consolidada de votos, mas não consegue outros segmentos capazes de levá-lo ao segundo turno; isso pode ser resultado da falta de relação com a classe política, o que foi demonstrado desde o primeiro dia de seu mandato na Assembleia Legislativa.

O risco maior para o candidato republicano é se este percentual – que se repete ao longo de todo o último ano – já seja o seu teto; se for, não tem mais para onde ele subir e a tendência é definhar.

Talvez até por isso, os aliados de Braide torcem por Duarte no segundo turno, uma vez que ele, dificilmente, conseguirá agregar todos os votos dos demais candidatos que ficarem pelo caminho.

Diferentemente do que pode ocorrer caso Neto ou Rubens cheguem ao segundo turno.

Simples assim…