Começou nesta sexta-feira (3), a 14ª edição da Feira do Livro de São Luís (FeliS), que acontece até o próximo dia 12 de dezembro, na Praça Maria Aragão. Organizado pela Prefeitura de São Luís, por meio das secretarias municipais de Educação (Semed) e Cultura (Secult), o evento deste ano conta com dezenas de stands de livreiros, de sebos literários e institucionais, além de auditórios, espaço para crianças, de exposição e comercialização de artesanato e praça de alimentação. Esta edição tem como tema: “A liberdade nasce na consciência”, e seu patrono é o poeta ludovicense Nascimento de Morais Filho. A abertura contou com a participação do prefeito de São Luís, Eduardo Braide, que, acompanhado da primeira-dama, Graziela Braide, foi recepcionado por uma performance artística envolvendo personagens da literatura infantil. Após a solenidade da abertura da feira, visitou todos os espaços da 14ª FeliS, que até a próxima semana, aguarda um público estimado de 150 mil pessoas e já tem confirmados grandes nomes da literatura brasileira, como Fabrício Carpinejar e Martha Medeiros. “Fico muito feliz de estar a frente da Prefeitura neste momento em que fazemos a 14ª Feira do Livro de São Luís. Esse é um momento para unir os amantes da literatura e para celebrar a educação e a cultura, que podem ser encontradas abundantemente aqui na FeliS. Até o próximo dia 12, a população terá à disposição atrações para todos os gostos, da criança ao adulto. É um evento tradicional em nossa cidade e que, com certeza, será sucesso de público”, destacou o prefeito Eduardo Braide, que agradeceu, ainda, a parceria com o Instituto Cultural Vale para a realização da FeliS de 2021. Nesta edição, o Instituto Cultural Vale, além do apoio à temática e patrono escolhidos pela FeliS, montou stand de homenagem exclusiva a João do Vale. “Para viver a cultura, democratizá-la, levá-la a vários lugares, espalhar a história, as vivências e as obras de João do Vale e muitos outros artistas, o Instituto Cultural Vale apoia e patrocina projetos com este propósito e os conecta. É através da educação e do conhecimento que incentivamos e estimulamos a curiosidade das crianças, adolescentes e jovens dando oportunidades para que mais poetas do povo e gênios improváveis sejam revelados no estado do Maranhão. Onde tem cultura e educação, a Vale está”, afirmou Christiana Saldanha, gerente do Instituto Cultural Vale. Na noite de abertura da FeliS 2021, que teve conferência realizada em um dos dois auditórios estruturados para receber as palestras e demais atrações que acontecerão durante esses dez dias de evento, o Auditório Nascimento de Morais Filho recebeu a apresentação da Banda Guarda Municipal de São Luís e da pianista Willame Belfort, que se apresentaram entre os stands onde os visitantes encontram livros e, mais que isso, histórias – que ajudarão no enriquecimento cultural e na aquisição de conhecimento para formação educacional. “Essa é uma iniciativa que promove a literatura em nossa cidade e que vai permitir à sociedade em geral, aos alunos da rede municipal de ensino vivenciar histórias, conviver com livros e aprender mais sobre a história dos nossos grandes escritores. Nossos alunos com certeza estarão aqui, aproveitando esse momento que também é feito para eles”, disse a secretária municipal de Educação, Anna Caroline Marques Salgado. “Teremos durante todos esses dias, a partir de hoje, uma programação cultural riquíssima para toda a família. Esse é um momento rico para a nossa São Luís”, pontuou o secretário municipal de Cultura, Marco Duailibe. Quem for à Feira do Livro de São Luís até o próximo domingo, 12, terá à disposição uma estrutura especial, que contempla 32 stands de livreiros; 4 stands de sebos literários; 10 stands institucionais; 2 auditórios; Espaço Criança com contação de histórias todos os dias; exposição do patrono, Nascimento Morais Filho, e das homenageadas, Arlete Nogueira e Dagmar Desterro; além de espaço exclusivo para a venda de artesanato e praça de alimentação com grande variedade de comidas. “Não tenho nem palavras para descrever a emoção de compor essa edição da FeliS. Pela primeira vez estou tendo meu trabalho exposto em uma estrutura gigante e com a oportunidade de mostrar muito mais da literatura de cordel, do seu poder”, disse a cordelista Gorethe Pereira, de 47, ex-gari que ganhou relevância na cidade de São Luís após exprimir seu dom da escrita, apesar das dificuldades de sustento e do quão difícil é se estabelecer na literatura sendo escritor iniciante. Sucesso de público Entre as 150 mil pessoas que devem passar pela FeliS deste ano, o casal Luiza Nogueira, de 27 anos, e Luis Costa, de 30 anos, fizeram questão de comparecer ao evento logo neste primeiro dia, para conferir as novidades que o evento traz para os amantes da cultura literária. “A estrutura está maravilhosa e em cada stand uma surpresa diferente. Virei mais vezes até o último dia”, disse ela. “Esse evento é muito importante para a cidade e nós, que temos o hábito em comum da leitura, não poderíamos deixar de prestigiar”, finalizou. Programação do fim de semana Neste sábado (4) e domingo (5) a programação contará com as seguintes atrações: SÁBADO – AUDITÓRIO NASCIMENTO MORAIS FILHO 15h – ESPETÁCULO INFANTIL – Raulzito Circo Show – com Raulzito Lopes 16h às 18h40 – PALESTRA Tema: Política da Pessoa com Deficiência no Brasil – Percorrendo o Labirinto Palestrante: Prof. Dr. Jorge Amaro (RS) Mediação: Carlivan Braga – secretário municipal extraordinário da Pessoa com Deficiência Lançamento do livro: com o tema da palestra Exposição: livros e revistas de autores e escritores com e sem deficiência 19h – BATE-PAPO Tema: Depois é nunca: o afeto agora Convidado: Fabrício Carpinejar (RJ) Mediação: Celso Borges – poeta e escritor DOMINGO – AUDITÓRIO FELIS 15h – PALESTRA Tema: O Massacre de 17 de novembro: entre história e literatura Convidado: Matheus Gato Mediação: Roberto A. Pereira 16h – PALESTRA Tema: Infância e Território Maranhense: pesquisas sobre histórias, cultura e educação Palestrante: Prof. Rosyane de Moraes Martins Dutra 17h – PALESTRA Tema: O que é a existência errante? Visada hermenêutica fenomenológica do poeta O Guesa, de Sousândrade Palestrante: Prof. Rita de Cássia Oliveira Mediação: Prof. Maria Elisa dos Anjos 18h – PALESTRA Tema: A prevenção e combate à violência doméstica e familiar contra a mulher em condomínio Palestrante: Luzimar Lopes Corrêa (assistente social); Claudia Castro Silva (psicóloga); Lícia Alves (assistente social) Mediadores: Maria da Conceição Maia (especialista em Educação)
O prefeito de São Luís, Eduardo Braide, realizou, nesta sexta-feira (3), a entrega simbólica dos primeiros cartões de identificação para pessoas com fibromialgia. O documento, idealizado pela Secretaria Municipal de Saúde (Semus), vai garantir assistência aos fibromiálgicos com base na Lei Municipal nº 6.605/19, instituindo filas e estacionamentos preferenciais a quem convive com a síndrome, que tem como principal sintoma dor constante por todo o corpo. A estimativa é de que 300 pacientes sejam atendidos pela Coordenação de Atenção à Saúde da Pessoa com Deficiência nesta primeira etapa de emissão das carteiras. “O Brasil tem muitas leis e essas leis precisam ser cumpridas. Nós estamos tirando do papel uma lei que já existia e dando direito a quem convive com as dores causadas pela fibromialgia. Com a carteira de identificação, os fibromiálgicos vão ter mais respeito e dignidade, vão poder esperar menos tempo na fila do banco, bem como ter direito às vagas especiais de estacionamento. Muitas pessoas com a síndrome têm sintomas incapacitantes, e é em respeito a essas dores invisíveis, mas não imaginárias, que estamos entregando esses cartões hoje”, destacou o prefeito Eduardo Braide. A lei que respalda a criação da carteira de identificação dos fibromiálgicos foi concebida em 2019, pelo então vereador Ricardo Diniz – atual secretário municipal de Desporto e Lazer –, e tem contribuição da Associação Brasileira de Fibromiálgicos (ABRAFIBRO), representada durante a entrega dos primeiros cartões pela vice-presidente da entidade, Simone Eli Bombard, que agradeceu ao Município pela execução da lei e destacou a importância da ferramenta entregue para o reconhecimento público das necessidades físicas de quem convive com a síndrome. Com a lei, empresas públicas e privadas são obrigadas a oferecer atendimento preferencial às pessoas que convivem com fibromialgia, assim como as agências bancárias e empresas que recebem pagamentos de contas devem incluir este público nas filas prioritárias já existentes. A lei prevê, ainda, permissão ao acesso às vagas de estacionamento destinadas às pessoas com deficiência, desde que o cartão de identificação seja apresentado. “A gente agradece muito ao prefeito, que está envolvido na causa, que está preocupado com a pessoa com fibromialgia, porque, afinal de contas, existem muitas pessoas acometidas precisando deste tipo tratamento. São raríssimas as cidades pelo país com políticas como essa que está sendo lançada hoje pela Prefeitura de São Luís, que sai na frente de muitas capitais, até do próprio Governo Federal”, destacou a vice-presidente da ABRAFIBRO. Emissão da carteira – Poderão emitir os cartões de identificação, junto à Semus, localizada à Rua Deputado Raimundo Vieira da Silva, N° 2000, (atrás do Parque do Bom Menino), no Centro, mediante a apresentação do cartão do SUS, comprovante de residência, RG e foto 3×4, todos aqueles tenham laudo médico (expedido por fisiatra, médico da dor, psiquiatra ou reumatologista) atestando o diagnóstico de fibromialgia. “Mais que uma carteira de identificação, esse documento que está sendo ofertado pela Prefeitura de São Luís vai garantir mais dignidade a todos que convivem com a fibromialgia. A gestão do prefeito Eduardo Braide seguirá firme com seu objetivo de cuidar das pessoas, promovendo uma cidade mais inclusiva e humana”, garantiu o secretário de saúde de São Luís, Joel Nunes. Também estiveram presentes durante a entrega simbólica das primeiras carteiras de identificação da pessoa com fibromialgia, os secretários de Desporto e Lazer, Ricardo Diniz; da Pessoa com Deficiência, Carlivan Braga; de Comunicação, Igor Almeida; e o adjunto de Governo, Emílio Murad. Fibromialgia – A fibromialgia é uma doença crônica que tem como principal sintoma dor constante por todo o corpo. Ainda não tem causa conhecida e atinge, principalmente, mulheres entre 30 a 55 anos. Mas homens, pessoas idosas, crianças e adolescentes também podem ter a doença. Ao todo, 3% dos brasileiros sofrem com o problema. Estudos mostram que o cérebro de quem tem fibromialgia interpreta os estímulos de forma mais intensa, o que aumenta a sensação de dor. Mas a condição também pode causar: fadiga, sono não reparador, Alterações na memória e na concentração, depressão, ansiedade; formigamentos, dores de cabeça, tontura e alterações intestinais.
NOTA DE ESCLARECIMENTO A Diretoria do Departamento Estadual de Trânsito do Maranhão (Detran-MA) vem a público esclarecer pontos importantes sobre a greve dos servidores: 1- A Diretoria do Detran-MA sempre esteve aberta ao diálogo com o Sindicato dos Servidores do Departamento Estadual de Trânsito do Maranhão (Sinsdetran) e envidou todos os esforços para atender as reivindicações, inclusive, foi surpreendida pela deflagração da greve, mesmo com providências em andamento para atendimento da pauta junto ao Governo do Estado; 2- O afastamento do presidente do Sinsdetran, Francion Ferreira, das negociações ocorreu devido ao fato de ele ter perdido a representatividade legal da categoria por descumprimento da liminar judicial de suspensão da greve e pelos ataques pessoais a diretores do órgão; 3- Foi criada, pelo Sinsdetran, uma Comissão Mista, formada por representantes do Sindicato e servidores, para continuidade das negociações, mesmo com a decisão judicial que determina a suspensão da greve; 4- Não houve descumprimento do acordo por parte do Detran-MA quanto à realização da reunião com outros representantes do Governo do Estado, anteriormente marcada para o dia 30 de novembro, e sim adiamento para o dia 1º de dezembro, quando, de fato foi realizada com a presença da comissão mista e a Secretaria de Estado da Gestão, Patrimônio e Assistência dos Servidores (Segep); 5- O adiamento foi previamente informado e deliberado favoravelmente pela categoria; 6- Durante a reunião, foi informado aos servidores sobre todo o empenho da Diretoria do Detran-MA e do Governo do Estado em resolver as questões e explicado que a demora no estudo dar-se devido ao fato de que está sendo realizado um amplo levantamento de viabilidade financeira para que o reajuste salarial possa beneficiar todos os servidores estaduais; 7- A reunião realizada no dia 1º de dezembro foi considerada positiva pelo Governo, pois foram discutidos pontos da pauta e informado o posicionamento oficial. Em função da necessidade da finalização do levantamento, o Governo, via Segep, demonstrou a possibilidade em apresentar contraproposta à comissão mista em reunião agendada com a categoria para o dia 6 de dezembro, às 10h; 8- Em relação a denúncias realizadas pelo Sinsdetran de retaliações a servidores, o Detran-MA esclarece que isto não ocorreu. O que houve foram quatro movimentações normais, algumas, a pedido dos próprios servidores, mas, para evitar qualquer descontentamento, a Diretoria-Geral reuniu-se, na quinta-feira,2, com representantes do Sinsdetran e os referidos servidores e a questão foi resolvida de acordo com a necessidade de cada um; 9- O Detran-MA informa, ainda, que, as negociações continuam e que, mais uma vez, foi surpreendido com ofício do Sinsdetran no qual informa a decisão de retomada da greve na próxima segunda-feira,6 de dezembro, mesmo com a reunião agendada para possível apresentação da contraproposta do Governo; 10- Por fim, caso a retomada da greve se concretize, tanto a reunião agendada quanto as negociações oficiais serão suspensas, pois considerar-se-á falta de colaboração do Sinsdetran em negociar e pôr fim ao movimento grevista, visto que, o Governo está buscando as formas de atender as reivindicações, inclusive já tendo atendido, por meio de decreto, a manutenção do auxílio alimentação aos servidores em caso de afastamentos legais, um dos principais pontos da pauta de reivindicações. São Luís,3 de dezembro de 2021
Após uma grandiosa reforma que reestruturou esse importante equipamento de educação, o Complexo Educacional Lucília Moreira foi reinaugurado em Pinheiro. O evento contou com a presença do Prefeito Luciano, do Governador Flávio Dino,do secretário estadual de Educação Felipe Camarão, de lideranças estaduais e municipais. “Essa é mais uma escola entregue em meu governo, fico muito orgulhoso em saber que muitas vidas foram mudadas graças ao nosso programa Escola Digna, que transformou a realidade de muitas pessoas no Maranhão. Aqui em Pinheiro esse prédio será mais um equipamento de educação à disposição da população” disse o Governador Flávio Dino. O complexo educacional agora é um imponente prédio, muito bonito destinado ao ensino. A escola fica localizada no bairro Pacas e atende cerca de 600 alunos desse bairro e comunidades do entorno. “O Centro de Ensino Lucília Moreira, na região de Pacas, atende 30 comunidades. A nova estrutura com salas de aula climatizadas, sala dos professores, cozinha e biblioteca com laboratório de informática vai oferecer mais conforto e segurança aos cerca de 600 alunos da unidade. Sem educação não existe futuro. Agradeço ao Governador Flávio Dino, por mais um importante benefício para os pinheirenses”, afirmou o prefeito Luciano Genésio. Deixe um comentário


O vice-governador e pré-candidato ao Governo do Maranhão, Carlos Brandão (PSDB), parece que não estava mesmo brincando quando, depois de ter sido o escolhido pelo governador Flávio Dino para disputar o pleito eleitoral do ano que vem, decidiu não ficar de braços cruzados e trabalhar com serenidade e humildade pela unidade do grupo em torno do seu nome.

Somente na quarta-feira (1), Brandão já conseguiu vitórias importantes para a sua caminhada. A primeira grande adesão foi a chegada do partido Cidadania, que através da direção estadual, confirmou que apoiará a pré-candidatura de Brandão para 2022.

Brandão também conseguiu reunir rapidamente 19 deputados estaduais num almoço, organizado pelo ex-presidente da Assembleia Legislativa, Arnaldo Melo (MDB).

As principais surpresas no almoço foram as presenças de dois deputados: o ex-prefeito de Codó, Zito Rolim (PDT), que até então apoiava a pré-candidatura do senador Weverton Rocha (PDT), e Adriano Sarney (PV).

Além de Arnaldo, Adriano e Zito, estavam presentes ainda: Daniella Tema (DEM), Adelmo Soares (PCdoB), Carlinhos Florêncio (PCdoB), Paulo Neto (DEM), Rafael Leitoa (PDT), Ariston Sousa (Republicanos), Helena Duailibe (Solidariedade), Fábio Braga (Solidariedade), Rildo Amaral (Solidariedade), Stênio Rezende (representando Andréia Rezende-DEM), Valéria Macedo (PDT), Marco Aurélio (PSB), Socorro Waquim (MDB), Ana do Gás (PCdoB), Antônio Pereira (DEM) e Fábio Macedo (Republicanos).

Outros deputados, como Duarte Júnior (PSB), Yglesio Moyses (PROS), Cleide Coutinho (PDT), Édson Araújo (PSB) e Thaiza Hortegal (PP), fizeram questão de justificar as ausências.

Ou seja, Brandão conseguiu reunir parlamentares dos mais diversos partidos, entre eles MDB, PDT e Solidariedade, que também possuem nomes citados como pré-candidatos ao Governo do Maranhão.

Alguns parlamentares chegaram inclusive a gravar um vídeo destacando as qualidades de Brandão e confirmando o apoio para o ano que vem. 


E é assim que Brandão vai trabalhando para ter a máxima unidade possível em torno do seu nome como para a disputa do Palácio dos Leões.

É aguardar e conferir, mas o começo de Brandão, após o anúncio de Flávio Dino, foi promissor e as adesões demonstram

 

São Luís não terá eventos e shows públicos no réveillon. Após a decisão do prefeito Eduardo Braide (PODEMOS), de não realizar a festa da virada, o secretário de Cultura, Anderson Lindoso, informou que o Governo do Maranhão, também não terá atividades, uma vez que o decreto estadual estabelece que o gestor municipal é o responsável por decidir liberar ou não as festas públicas.

“Com a decisão do prefeito de São Luís, o Governo do Maranhão não vai realizar shows na virada de ano“, afirmou Anderson Lindoso. De acordo com informações obtidas, a Secretaria estadual de Cultura negociava com o sambista Diogo Nogueira para fazer o réveillon na Litorânea, porém após a decisão do prefeito de São Luís, todas as negociações estão encerradas.

No dia 11 de novembro, Flávio Dino emitiu um decreto que transferiu aos prefeitos a responsabilidade de fazer ou não eventos públicos. Naquela oportunidade, o governador comunicou que a realização presencial de reuniões e eventos públicos e privados, inclusive festas de fim de ano, carnaval, eventos agropecuários e entre outros, deverão ocorrer conforme decisão municipal, diante da situação local. Os municípios deverão considerar o avanço da vacinação, a ocupação de leitos, que a contaminação deve ser menor que 1, e observar as regras sobre o uso de máscaras.

Na segunda-feira (29), Eduardo Braide comunicou: “Temos enfrentado a pandemia com determinação. Com isso, diante do surgimento da nova variante do coronavírus, tomei a decisão de não realizarmos o Réveillon em São Luís. O momento nos pede prudência e responsabilidade. A nossa principal missão é cuidar das pessoas”

Em relação as festas privadas, o secretário de Cultura informou que no momento não há restrições, pois diferentemente dos eventos públicos, elas reúnem um menor contingente de pessoas, mas lembrou que essa é uma decisão também do prefeito.

Quanto ao carnaval, Anderson Lindoso reforçou mais uma vez, que o prefeito de São Luís e os gestores das demais cidades são os responsáveis por tomar essa decisão, e o Governo do Maranhão, acompanha.

 Othelino Neto recebe título de ‘Cidadão Carolinense

Othelino recebe o título de 'Cidadão Carolinense' das mãos dos vereadores Lindomar Nascimento e Moura Filho, autores da comenda. 

O presidente da Assembleia Legislativa do Maranhão, deputado Othelino Neto (PCdoB), foi homenageado, nesta sexta-feira (26), com o título de ‘Cidadão Carolinense’, concedido pela Câmara Municipal. A comenda, proposta pelos vereadores Lindomar Nascimento (PL) e Moura Filho (PL), foi entregue durante a sexta edição do programa ‘Assembleia em Ação’, realizada em Carolina. 

Segundo os autores da proposição, a honraria concedida a Othelino é um reconhecimento aos relevantes serviços prestados pelo parlamentar ao município.

Entre as ações do deputado em prol de Carolina está a viabilização de cestas básicas à população carente, entregues durante o período mais crítico da pandemia. Ele também teve um papel fundamental na implantação do programa ‘Luz para Todos’ no município, quando ocupou o cargo de secretário de Estado do Meio Ambiente, na gestão do então governador José Reinaldo Tavares.

Biaman Prado
A entrega do título de Cidadão Carolinense a Othelino foi realizada durante o
A entrega do título de Cidadão Carolinense a Othelino foi realizada durante o 'Assembleia em Ação', na cidade de Carolina

O chefe do Legislativo maranhense agradeceu aos vereadores pela homenagem e reafirmou seu compromisso com as demandas da cidade. “Receber o título me deixa, além de muito feliz e orgulhoso, ainda mais comprometido com Carolina e com a região Sul”, afirmou Othelino Neto, ao lado de sua esposa, Ana Paula Lobato, presidente do Grupo de Esposas de Deputados do Estado do Maranhão (Gedema) e vice-prefeita de Pinheiro.  

O vereador Lindomar Nascimento destacou a atuação do parlamentar nos municípios. “Não só eu como autor da proposição, mas toda a Câmara Municipal, que aprovou por unanimidade a concessão do título, nos sentimos muito honrados em conceder essa homenagem ao deputado”, assinalou.
O vereador Chiquinho Bringel (DEM) também parabenizou Othelino pelo trabalho realizado em todo o Maranhão. 

Biaman Prado
Othelino Neto e Ana Paula Lobato com as deputadas Betel Gomes e Socorro Waquim e lideranças do Sul maranhense
Othelino Neto e Ana Paula Lobato com as deputadas Betel Gomes e Socorro Waquim e lideranças do Sul maranhense

“Para nós, aqui, ele é o pai do ‘Luz para Todos’, devido ao seu empenho em trazer esse benefício para a nossa região quando foi secretário estadual de Meio Ambiente. Então, o título é um reconhecimento mais do que justo e ficamos muito felizes em tê-lo, a partir de agora, como um filho da nossa cidade”, declarou.



14 / 14


“Felipe Camarão nos representa muito e a nossa juventude está sendo reconhecida e agraciada com inúmeros projetos. Hoje Camarão significa o avanço na educação maranhense”. As palavras emocionadas são do jovem Wesley Amorim, do município de Palmeirândia, que participou do ato “Avante, Maranhão” realizado na sexta-feira (26), na cidade de Viana, para apresentar a pré-candidatura de Felipe Camarão (PT) ao governo do Estado. O ato reuniu mais de 2 mil pessoas da baixada maranhense e de outras regiões do Estado.

“É um sentimento de reconhecimento ao trabalho do ex-presidente Lula, que será nosso futuro presidente da República; do trabalho do governador Flávio Dino; do trabalho que a gente vem desenvolvendo à frente da Secretária de Educação. Um trabalho do nosso partido, do nosso governo, um trabalho de fé e esperança. Essa foi a mensagem que passamos ao longo desses dias e é essa a mensagem que trouxemos aqui para a Baixada Maranhense e para a cidade de Viana. Aqui me sinto em casa, pois tenho raizes muito forte em Viana”, destacou Felipe Camarão.

O ex-deputado estadual, federal e ex-prefeito de Paço do Lumiar, Domingos Dutra, esteve presente no ato político em Viana e recebeu elogios de Felipe Camarão pela sua trajetória política no Maranhão.

“Quero ser, companheiro Dutra, um lutador como você foi em toda a sua história. Eu a cada pessoa aqui presente, mas eu não posso deixar de agradecer, de maneira nominal e fraterna, a sua presença aqui hoje, a sua colaboração e a sua liderança”, expressou Felipe.

Felipe Camarão agradeceu, ainda, o presidente do Diretório Estadual do Partido dos Trabalhadores, Augusto Lobato, pela condução estratégica do PT no Maranhão, que uniu o partido. “Se o nosso partido hoje está unido é em torno de sua liderança, presidente Lobato. Eu quero agradecer, em nome da nossa candidatura, a sua pessoa, você nos conduziu até aqui e nós acreditamos na sua sabedoria, na sua liderança para os próximos passos do nosso partido”, concluiu Camarão.

Durante o seu discurso em Viana, Augusto Lobato fez elogios a Felipe Camarão pela sua trajetória na pasta da educação do Estado. “Felipe Camarão veio para o nosso partido com a missão de apresentar a sua pré-candidatura ao povo do Maranhão, com muita clareza e muita firmeza. Camarão é um jovem humilde, professor, que está fazendo uma revolução na história do Maranhão. Talvez ele seja, entre os secretários de educação, o melhor secretário que o Maranhão já teve”, exprimiu.

O encontro comprovou a força de Felipe Camarão, como um jovem competente e trabalhador, que possui inúmeros requisitos para representar o povo maranhense e governar o Maranhão em 2023. O ato político realizado na casa de eventos Dodô Fest expressa a vontade do povo da baixada e de tantas outras regiões do estado em ter Camarão como seu representante para concorrer às eleições ao governo do Estado, em 2022.

Maria da Purificação, professora em São João Batista, acredita que Felipe Camarão é o nome certo para governar o Maranhão. “Eu acredito em Felipe Camarão, por ele ser o melhor secretário de toda a história do Maranhão, secretário que elevou o Ideb, reformou e construiu escolas e continua fazendo muito pela educação do Estado. Acredito que ele seja o melhor pré-candidato porque valoriza a educação”, exprimiu a professora.

A população vianense abraçou a pré-candidatura de Felipe Camarão. A multidão demonstrou carinho e a receptividade, prestigiando o ato político e abraçando a sua pré-candidatura ao governo do Estado. A vereadora no município de Guimarães, Krisbely Ferreira, também apoia a pré-candidatura de Felipe Camarão rumo ao governo do Maranhão.

“Estamos aqui neste grande evento, porque acreditamos, confiamos no Felipe Camarão, uma pessoa que já mostrou que tem potencial, através da educação, e o Maranhão está precisando de sangue novo, ideias novas e Camarão é a pessoa ideal para governar o nosso Maranhão”, ressaltou a vereadora.

O ato político marcou a presença de muitas lideranças políticas da região, como o prefeito de Pedro do Rosário, Toca Serra; os vice-prefeitos de Palmeirândia, Lúcio Henrique; de Alcântara, Nivaldo Araújo; de Matinha, Beto Pixuta; Bacurituba, Antônio Carlos; de Bequimão, Magal; o vice-presidente do PT no Maranhão, Francimar Melo; a dirigente nacional do PT, Criscielle Muniz; o deputado estadual, Zé Inácio, a secretária estadual de Mulheres do PT Ednalva Lima, líderes de partidos, representantes de movimentos sociais, entre muitas autoridades de diversos municípios da Baixada Maranhense, e da população que enxerga em Felipe Camarão a oportunidade de um Maranhão cada vez mais desenvolvido.

 

O prefeito Eduardo Braide acompanhou, neste sábado (27), o início dos trabalhos do Programa Asfalto Novo na comunidade Cajupary, Zona Rural de São Luís. No total, serão implantados 5 km de asfalto, contemplando toda a via de acesso à comunidade. 

“Estamos dando início à realização de um sonho de muitos anos dos moradores de Cajupary. Eu estive aqui, no ano passado, ainda enquanto era deputado, e sem dizer nada a ninguém destinei, lá de Brasília, uma emenda à Codevasf para que as obras de asfalto pudessem ser iniciadas aqui. E quis Deus, e toda a cidade de São Luís, que eu chegasse à Prefeitura e pudesse anunciar essa obra tão importante e esperada por todos no meu primeiro ano à frente da gestão municipal”, disse o prefeito Eduardo Braide, lembrando sobre a extensão do asfalto, que vai abranger as comunidades Andiroba, Nova Vida e Cajupary, melhorando a acessibilidade aos moradores e a quem visita a região.

As obras serão realizadas pela Companhia de Desenvolvimento dos Vales do São Francisco e do Parnaíba (Codevasf) e coordenadas pela Secretaria Municipal de Obras e Serviços Públicos (Semosp).

O início do Asfalto Novo em Cajupary é fruto de uma emenda parlamentar de R$ 3.390.274,04, destinada pelo prefeito Eduardo Braide, ainda enquanto deputado federal, à Codevasf – empresa pública vinculada ao Ministério do Desenvolvimento Regional. Do total, R$ 2.850.000,00 empregados exclusivamente para ações de pavimentação e mais de 9 km de drenagem superficial, ou seja, para a construção de meio-fio e sarjetas para evitar alagamentos e proporcionar mais vida útil ao asfalto. Os outros R$ 540.274,04 restantes estão sendo utilizados na implantação de um sistema de drenagem profunda – de 520 metros de extensão – em determinada região alagadiça da comunidade.

Nesta primeira etapa da obra, os operários estão trabalhando, com o auxílio de uma patrol, no nivelamento de toda a Estrada do Cajupary. Após esse trabalho, denominado terraplanagem, será realizada a imprimação – processo que consiste na aplicação de material asfáltico sobre a superfície da base concluída, antes da execução do revestimento asfáltico, objetivando conferir coesão superficial, impermeabilização e permitir condições de aderência entre a base e o revestimento a ser executado, isto é, o último passo de toda a obra – o maior dos anseios de quem, há anos, convive com poeira e lama na porta de casa.

“Nós estamos aqui para poder permitir que essa ação de pavimentação asfáltica ocorra da melhor forma possível. O recurso é fruto de uma emenda destinada, em 2020, pelo então deputado Eduardo Braide. Para nós, da Codevasf, é uma satisfação e esperamos que essa vias asfaltadas permitam não só melhoria da dignidade dos moradores, como também o escoamento da produção, facilitando para que outras ações possam chegar até aqui”, disse o superintendente substituto da 8ª Superintendência Regional da Codevasf, Eduardo Madeira.

Comunidade satisfeita

Com a implantação dos quase 5 km de Asfalto Novo na comunidade Cajupary, a expectativa é de que a vida na localidade seja ainda melhor. “Estamos sentindo uma alegria enorme, além de imensa gratidão, por essa iniciativa do prefeito Eduardo Braide para com a nossa comunidade. Há muitos anos aguardávamos por uma obra que desse fim aos problemas de mobilidade que enfrentamos aqui. Cajupary se torna longe do Centro da cidade por causa da estrada, mas agora ela será totalmente asfaltada. Esse é um sonho que se realiza”, disse o vigilante Jhon Marcos da Silva, de 26 anos.

Feliz com o início das obras neste sábado, o professor José Augusto Costa, de 40 anos, contou que a chegada do Asfalto Novo na região de Cajupary é sinônimo de progresso. “Há anos esperávamos por essa obra, e ela só está sendo realizada agora por causa do olhar sensível que o prefeito Eduardo Braide tem com a zona rural. O sentimento é de realização, de gratidão por ver que ele tem honrado com seus compromissos e feito uma gestão tão honesta. Essa é a primeira vez que o poder público se aproxima de Cajupary para melhorar a vida de quem mora aqui, por isso tamanha satisfação”.

Segundo o secretário David Col Debella, da Semosp, o objetivo é um só: beneficiar os moradores de Cajupary e adjacências. “Estamos trazendo asfalto para uma região em que a lama e a poeira já faziam parte da vida dos moradores. Com o asfalto vamos melhorar muito a vida de todos; melhorar o trajeto dos ônibus, dos carros, fazendo com que o translado para o trabalho ou qualquer outro compromisso seja mais eficiente, em menos tempo. Nosso objetivo é proporcionar qualidade de vida e assim faremos”, finalizou.

Estiveram com o prefeito, acompanhando o início dos trabalhos do Asfalto Novo em Cajupary, os secretários municipal de Agricultura, Pesca e Desenvolvimento, Liviomar Macatrão; de Segurança Alimentar, Júnior Vieira; de Trânsito e Transportes, Diego Baluz; o secretário-adjunto da Semosp, Thiago Trindade; e os vereadores Gutemberg Araújo (PSC) – vice-presidente da Câmara Municipal de São Luís; Chico Carvalho (PSL); Concita Pinto (PCdoB); Marlon Botão (PSB); Ribeiro Neto (PMN); Álvaro Pires (PMN); Domingos Paz (Podemos); Antonio Garcez (PTC) e Karla Sarney (PSD).

Sobre o Asfalto Novo

Nesta primeira etapa do programa Asfalto Novo, serão implantados mais de 80 km de pavimentação em ruas e avenidas de São Luís, notadamente nos bairros da zona rural, melhorando consideravelmente a mobilidade urbana das vias entre as comunidades, garantindo segurança no tráfego e facilitando o acesso de veículos usados na prestação de serviços públicos essenciais como a coleta dos resíduos sólidos, forças de segurança pública e de salvamento.

O programa foi lançado pelo prefeito Eduardo Braide em agosto deste ano, tendo sido o bairro Nova República, na Zona Rural de São Luís, o primeiro beneficiado com a nova pavimentação. Por lá, as ruas que estavam tomadas por buracos receberam novo asfalto, melhorando a mobilidade e acessibilidade dos moradores e de quem mais trafega pela região.

 

A Associação dos Diabéticos e Hipertensos do Maranhão (ADHIMA) está realizando a Primeira Ação Social para os moradores dessa cidade, principalmente, aos diabéticos e hipertensos neste sábado, 27.

A presidente da ADIHMA, Lídia Flor, declarou que a ação ocorre durante todo o período da manhã do próximo dia 27, na sede da Câmara dos Vereadores de PALMEIRÂNDIA e oferecidos vários serviços: aferição de pressão arterial, teste de glicemia, avaliação do pé do diabético como também consulta com endocrinologista, nutricionista, fisioterapeuta, enfermeiro e atendimento com assistente social.
Lídia Flor também disse que esse trabalho é fruto de uma parceria firmada entre a ADHIMA, o prefeito Edilson Alvorada; a Câmara Municipal, em nome da presidenta dessa casa, a vereadora Raíssa Campos; e Gilberto de Mundinha. Somente nessa cidade há mais de 600 diabéticos.

Ainda segundo Lídia Flor, a ADHIMA desde a gestão do seu presidente fundador, Edilson Wanderley, vem desenvolvendo uma série de atividades em prol do diabético e do Hipertenso como também lutando pela melhoria desse grupo, inclusive, no tocante ao acesso do tratamento médico. “ADHIMA sempre esteve de portas abertas para ações voltadas ao diabético e o hipertenso. A realização de uma ação social não deixa de ser uma forma de facilitar os serviços médicos para o povo, ou seja, levar os profissionais de saúde para dentro da comunidade”, frisou a presidente da ADHIMA.

 

O vereador Álvaro Pires (PMN) deve ser o relator da CPI dos Transportes, instalada na quinta-feira, 25, pela Câmara Municipal de São Luís. 

O presidente será Chico Carvalho (PSL), autor do requerimento de criação da comissão. 

Os trabalhos devem começar apenas na próxima semana. 

Na tarde de ontem, o Sindicato das Empresas de Transporte de Passageiros de São Luís (SET) declarou que está “ciente das decisões tomadas pela Câmara de Vereadores de São Luís” e disposta a cooperar com as investigações. 

“O objetivo central da CPI é analisar a licitação e os contratos de concessão aos empresários para operarem o Sistema de Transporte. Nesse sentido, o SET se coloca à disposição para prestar os esclarecimentos necessários à comissão e cooperar da melhor forma para que tudo seja feito com transparência e responsabilidade”, destaca o comunicado (saiba mais).